Cachorro Pode Comer Ovo?

O ovo é um alimento muito comum na alimentação humana, mas será que cachorro pode comer ovo? Esse questionamento é muito comum entre os donos de pet.
Isso porque é sabido que alguns alimentos fazem bem aos animais e complementam a dieta – que normalmente tem a ração como base – irá trazer benefícios à saúde do animal.

Acontece que há uma grande lista de alimentos que não devem ser dados os animais. Inclusive, alimentos que são extremamente saudáveis aos humanos. Por isso é importante saber como os cães reagem a certo petisco.

No artigo de hoje sobre alimentação canina o foco será no ovo, explicando se o cão pode ou não ingerir esse alimento. Além disso, esse texto irá tratar de muitas questões interessantes sobre o tema.

O homem pode, mas o cachorro pode comer ovo

Cachorro Pode Comer Ovo

O ovo não deixa de ser um alimento polêmico, pois cada hora a mídia divulga uma coisa. Hora ele é vilão, hora ele é mocinho. Qual a verdade? Será que o cachorro pode comer ovo ou fará mal?

O ovo é um alimento rico em proteína e em diversas substâncias, sendo um alimento completo (principalmente para aqueles que não comem carne).

O problema é um só: o excesso. Mas isso é válido para qualquer alimento, dessa forma, retirar tal proteína da dieta não é uma boa escolha.

E sobre os pets: sim, o cachorro pode comer ovo! E não somente podem comer, como ovo também trará diversos benefícios à saúde dos cães.

Poucos sabem, mas o ovo é realmente fácil de digerir (o que não acontece com outras proteínas).

Acrescentar tal proteína na dieta do cão é uma das coisas que o dono pode fazer para que o pet adquira todas as substâncias necessárias para uma vida mais saudável.

Quais são os benefícios do ovo

O ovo é um alimento rico em benefícios, mas será que eles são repassados para os cães também? Sim, o ovo é rico em diversas vitaminas e minerais a todos:

  • O ovo é rico em Vitaminas A, E, D e Complexo B;
  • Contém Cálcio, Ferro, Fósforo, Zinco, Manganês, Potássio e Selênio;
  • Alto valor proteico;
  • Ácidos Graxos Essenciais;
  • Baixo Valor Calórico (cerca de 60 calorias por ovo);

Vejas estes artigos relacionados:

Algumas outras coisas devem ser pontuadas sobre o ovo, principalmente a questão do colesterol. Esse alimento ficou muito conhecido por aumentar o colesterol e isso criou certo receio em seu consumo.

No entanto, de acordo com as pesquisas, o ovo reduz os níveis de LDL (o chamado colesterol ruim), enquanto aumenta o HDL (que é o colesterol bom). Ou seja, o ganho é dobrado.

Além disso, o ovo é um alimento rico em antioxidantes, que fortalecem o sistema imunológico e previne o envelhecimento celular.

Dentro do Complexo B há a Vitamina B7, cujo ovo a tem em grande quantidade. Ela está presente na gema e é responsável por ajudar o pelo dos cães a nascer forte e brilhante.

A Vitamina D ajuda no desenvolvimento dos ossos e evita a perda de densidade óssea. Sem a Vitamina D, o cálcio não é direcionado para os ossos.

Cachorro pode comer ovo porque ele combate doenças crônicas e anemia, colaborando para uma velhice mais saudável.

Sobre a proteína do ovo, mais especificamente a avidina presente na clara, esta tem uma grande afinidade com a biotina e, como consequência, há o bloqueio da absorção de vitaminas.

Essa questão é importante para a saúde do pet. O ovo como um todo (gema e clara) possui um equilíbrio de vitaminas e minerais, mas se consumido em excesso pode passar a não fazer tão bem à saúde dos cães.

Dificilmente haverá déficit de Biotina, mas é recomendado que o cachorro passe por exames de sangue para checar se não há alguma deficiência nessa substância.

Cachorro pode comer ovo cru?

Sim. Inclusive, é um alimento muito energético e dará muita disposição para o pet.

Se o dono ainda se sentir receoso em oferecê-lo cru ao pet, uma alternativa é deixar o ovo semi cozido. Para isso, o ovo deve ficar na água fervendo por cerca de 4 a 5 minutos.

É sempre importante ressaltar que o ovo – assim como qualquer outro tipo de alimento – não deve ser oferecido com sal ou qualquer outro condimento.
O sódio faz muito mal aos cães e todos os benefícios do ovo serão mascarados pelo sal.

Quantos ovos pode dar por dia?

Como já foi dito nesse artigo, não é permitido nenhum exagero, principalmente quando o assunto é pet. Eles são mais sensíveis e o excesso de algum alimento pode ser muito prejudicial.
O recomendado é não mais que um ovo por dia, mas também não é recomendado uma dose diária.

De duas a três vezes na semana é uma boa frequência para oferecer ovos aos cães. Nos outros dias, revezar com outros alimentos saudáveis aos pets (como amendoim ou cenoura, por exemplo) é uma boa opção.

A consulta no veterinário é muito importante

Esse artigo possui mero caráter informativo e, de maneira geral, os pets podem comer ovos. No entanto, é fundamental que seja feito uma consulta no veterinário.

Isso porque algumas condições podem inviabilizar o consumo de proteínas. Por exemplo, cães com problema no fígado devem evitar proteínas.

Dessa forma, é fundamental que o dono leve o seu pet para uma consulta com um especialista. Além de ser o mais entendido do assunto, conhece o histórico do cão.
Se o dono tem o costume de dar ovos para o cachorro, provavelmente o veterinário irá enfatizar a importância dos passeios diários.

Querendo ou não, é uma carga extra de carboidratos e, consequentemente, há maior risco de o pet ganhar alguns quilos.

O ideal é que os passeios ocorram todos os dias, tanto para emagrecer quanto para desestressar o animal. Cerca de 10 a 15 minutos de caminhada já traz grandes resultados.
Resumindo, o cachorro pode comer ovo, desde que isso seja feito com moderação e sem NENHUM condimento (além de ser recomendado a avaliação do veterinário).


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.