GRÁTIS!

Receita de biscoito natural de maça para cães...

Que tal mimar seu cão com este delicioso biscoito?
A receita é GRÁTIS, aproveite...

Raças de cachorros Pit Bull (American PitBull Terrier)

Vítima de muito preconceito por parte de pessoas que desconhecem a raça, o American PitBull Terrier é um cachorro lindo e muito amável, que com certeza pode ser um grande companheiro!

Esse nome grande é como ele originalmente foi criado, ainda nos Estados Unidos. No Brasil, esses cachorros tiveram sua raça resumida a “Pit Bull’, e para os mais íntimos são os “Pits”.

Assim como muitas outras raças que são bem conhecidas nos dias atuais, os Pit Bulls foram criados a partir do cruzamento de duas raças: Bulldogs e o Antigo Terrier Inglês.

Isso aconteceu inicialmente na Inglaterra, e deu origem ao Bull-and-terrier. Mas a raça logo foi levada para os Estados Unidos, e lá foi aperfeiçoada, chegando ao estilo que conhecemos hoje.
Pit Bulls foram criados a partir do cruzamento de duas raças

Com certeza os Pit Bulls são animais encantadores, que podem servir como excelentes companhias. Durante muito tempo eles foram negligenciados e utilizados para a rinha, uma prática ilegal e repugnante de combate.

Com o aperto da fiscalização para interromper esse tipo de prática, esses animais começaram a servir aos propósitos de cão de guarda, mas hoje são considerados pets como qualquer outra raça de porte pequeno.

Amável, inteligente e detentor de uma força física impressionante, o American Pitbull Terrier é um tipo de cachorro que, hoje em dia, coleciona fãs e apaixonados pela raça em todo o mundo. Vamos entender melhor quais são as especificidades desse grandalhão.

Especificidades da raça: conheça melhor o American Pitbull Terrier!

Uma das coisas mais agradáveis sobre o Pit Bull é que se trata de um animal que pode ser encontrado com grande variação de pelagem. É normal encontrar em cores como chocolate, branco, preto fulvo, marrom e até mesmo combinações, tigrados, monocromáticos e etc.

Felizmente eles não soltam muito pelo, e basta escová-los uma vez por semana para conseguir garantir pelos bonitos e brilhosos. Todos os cães que são American PitBull Terrier são de pelagem lisa e densa.

  • Pit Bull é agressivo?

Uma das lendas mais populares a respeito desses cães é que eles são violentos e que podem até “matar pessoas”. A verdade é que o American PitBull Terrier é um animal que tem muita força física, além de muita potência na mandíbula, o que resulta em mordidas bem violentas, sim.


Mas o temperamento do animal não é violento, e um Pit Bull não vai atacar uma pessoa se ele não for ensinado a fazer isso. O que mais vemos nos dias de hoje são esses animais negligenciados e maltratados, o que acaba desencadeando um quadro de estresse e, consequentemente, agressividade.

Como já citamos acima, por muito tempo o American Pit Bull Terrier foi um cão de rinha. Inclusive seu nome surgiu disso, pois “Pit” é como eram conhecidos os ambientes de combates.

Animais que são submetidos a situações degradantes, humilhantes e de maus tratos podem se tornar agressivos, mas isso aconteceria até mesmo com um vira-lata. Em contrapartida, quando submetidos ao amor e cuidados que merecem, os Pits se tornam dóceis e afáveis.

American Pitbull Terrier

Então é errado dizer que essa é uma raça violenta e agressiva. É uma raça forte, o que significa que um ataque de pitbull terá resultados desastrosos. No entanto, eles são considerados menos agressivos do que Pinschers.

A verdade é que o American Pitbull Terrier pode ser um excelente cão de companhia, conviver com crianças e até mesmo com outros animais sem representar nenhum perigo.

Pit Bulls podem ser adestrados? Como funciona o treinamento desse animal?

Outro dado importante a respeito do American Pitbull Terrier é que esse animal possui um nível de inteligência realmente alto. Isso significa que é possível adestrar e ensinar o seu cachorro!

Inclusive o adestramento é sempre indicado para tirar qualquer traço de comportamento agressivo do animal, considerando que a sua força pode ser difícil de domar se ele não for bem treinado.

O mais importante é demonstrar carinho e cuidado durante o adestramento. Um animal treinado com brincadeiras de ataque, com imagens de outros cães ou animais para perseguir, ou treinado na base da brutalidade, com certeza terá mais tendências de se tornar agressivo, pois ele acredita que isso “agrada” o seu dono.

É responsabilidade do tutor garantir um treino saudável para que o animal se sinta amado e seguro, e que consiga desenvolver a sua socialização de forma natural, entendendo os limites de sua força.

  • Passeios:

Uma coisa que não podemos deixar de ressaltar a respeito do American Pitbull Terrier é que esse animal precisa se exercitar diariamente. Não pense que isso tem qualquer relação com deixar o cachorro “musculoso”, como alguns tutores gostam.
American Pitbull Terrier

Na verdade, a função do passeio frequente é ajudar o cachorro a gastar a energia que ele possui – e acredite, é muita! Isso vai fazer com que se sinta mais feliz e também seja menos “devorador” de coisas.

Os Pitbulls adoram brincar com o tutor. Você pode criar algumas brincadeiras, como esconder as bolinhas e os brinquedos para que ele encontre. Atividades assim ajudam o anima a se sentir amado e feliz, enquanto treinam o seu corpo forte.

Quanto tempo um Pit Bull vai viver? Descubra a expectativa de vida do animal

Agora vamos falar de um dos assuntos mais importantes para os amantes de cachorros: a expectativa de vida. O American Pitbull Terrier é um animal saudável, e que costuma viver entre 12 e 16 anos.

Para isso, é claro, o cachorro precisa ser submetido aos cuidados básicos e ser um animal saudável. A maioria dos cachorros resgatados em situação de maus-tratos vivem menos, pois podem desenvolver tumores e outras doenças.

  • Acompanhamento com veterinário:

Um American Pitbull Terrier dever fazer o acompanhamento com um veterinário como qualquer outro cachorro. Se houver a possibilidade de consultar um especialista em raças grandes, melhor ainda.

Mas de modo geral é muito fácil cuidar de um cachorro dessa raça. É claro que o dono precisa sempre ter consciência de que o seu cachorro é muito forte, e garantir a segurança tanto do animal quanto das pessoas e outros pets que estejam próximos ao seu American Pitbull Terrier.

Artigos que você vai amar:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.